Arquivo do blog

17 de dez de 2012

Perseverar no erro


Errar é próprio do homem. Não se sabe de um só que não tenha errado, até porque a raiz do erro foi o pecado original. O procedimento de cada qual diante do erro é que diferencia e caracteriza os homens. 
O hipócrita dissimula o erro . Finge que não o conhece. Nega-lhe a existência .O viciado persiste no erro . Faz dele o seu patrão. É seu patrão. É seu escravo. Deitou-se e não tem coragem para levantar e reagir. Entregou-se. Capitulou. O honesto, esse esforça-se por não cair outra vez. Reage e vai por diante consciente de que, se errar é humano, perseverar no erro é DIABÓLICO. 


J.S.Nobre



" Qualquer substituto do amor , seja ele qual for, não perdura."




Quantas vezes perdoar?

"Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete."
Mateus 18, Vers-21, 22

Nenhum comentário:

Postar um comentário