Arquivo do blog

22 de fev de 2012

Quaresma, tempo de conversão.

 Quaresma, tempo de conversão.
 Aproveitemos esta quaresma para nos aproximarmos mais de Deus e vivermos como verdadeiros cristãos. 
Quatro grandes linhas de acção a serem praticadas não só na quaresma mas em todos os dias  da nossa vida

1) A esmola – é bom que entendamos que não é somente dar uma esmola, mas dar-se aos outros, aqueles que mais necessitados. Ao mesmo tempo é um ser solidário com as preocupações e necessidades dos outros: “Quando deres esmola, não mandes tocar a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos outros. Em verdade vos digo: já receberam sua recompensa. Tu, porém, quando deres esmola, não saiba tua mão esquerda o que faz a direita, de modo que tua esmola fique escondida. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa” (Mt 6, 2-4);

2) Penitência – um tempo favorável para arrepender-se e reconhecer a misericórdia de Deus. “Se vós perdoardes aos outros as suas faltas, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos outros, vosso Pai também não perdoará as vossas faltas” (Mt 6, 14-15); 



3) A oração – aprender a orar com a Palavra Santa, para assim reconhecer e aceitar a vontade de Deus na sua vida. Tempo para orar na sua história buscando aqueles momentos que Deus te levava nos ombros, como a ovelha perdida. “Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de orar nas sinagogas e nas esquinas das praças, em posição de serem vistos pelos outros. Em verdade vos digo: já receberam a sua recompensa. Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai que está no escondido. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa.  (Mt 6, 5-7);

 4) Por último o jejum – é uma das praticas quaresmais que muitos de nós pecamos, nos colocamos com uma cara de pena, com semblante de coitado. Não é nada disso o que nos diz sobre o jejum, tal como nos diz a Sagrada Escritura, devemos demonstrar alegria: “Quando jejuardes, não fiqueis de rosto triste como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto, para figurar aos outros que estão jejuando. Em verdade vos digo: já receberam sua recompensa. Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para que os outros não vejam que estás jejuando, mas somente teu Pai, que está no escondido. E o teu Pai, que vê no escondido, te dará a recompensa” (Mt, 6, 16-18).
Acabo animando a todos vocês para que façamos uma boa peregrinação, porque este caminho é um caminho santo (Cfr. Is 35,

 Todos necessitamos de experimentar as graças do Senhor, pois aqui temos a ocasião de poder celebrar a maior graça: a Ressurreição de Jesus e um prelúdio do que será para todos aqueles que perseverarem com entusiasmo. Que todos vocês, tenham uma santa quaresma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário